Páginas

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Único


"Antes de Elvis não existia nada" (John Lennon).

O garoto que mudou a história da música. Trinta e cinco anos sem Elvis, o único, para sempre...
 Que venha os Elvis In Concert e Elvis Experience!

Αγάπη, liebe, amore, amour...

... love, amor: o mesmo em todas as línguas.

Amar não é um cálculo matématico, não tem um objetivo. Ninguém ama somando as próprias ações com as ações do outro, subtraindo os aborrecimentos, dividindo por dois. 
Ama-se sem saber no que vai dar. É aí que está a mágica! 
Amor é estado de espírito, de graça e não estado civil. Não ama-se para mudar status de relacionamento de facebook, para comemorar o dia dos namorados, para ter um figurante ao seu lado, mas sentir-se sozinho quando encostar a cabeça no travesseiro.
Ama-se pelo prazer de amar, porque é gostoso, por todo o bem que o amor nos causa. Torna-se menos chato, mais bonito, menos egoísta, mais feliz. 
Amor é sentimento verdadeiro que não se deixa envenenar, embora tentem.
Amar é a maneira que temos de oferecer ao outro a beleza que há dentro de nós. É sentir, não compreender.

PS: "Have you heard the word is love? It's so fine, It's sunshine. It's the word, love" (The Beatles).