Páginas

sábado, 21 de maio de 2011

Hello, Paul!

Goodbye, SP! Hello, Rio!

 "Hello Goodbye" - The Beatles, lançada em 24 de novembro de 1967.

Fonte: http://musicalstewdaily.com
"Alistair Taylor, assistente de Brian Epstein, se lembra de ter perguntado a Paul como ele escrevia suas músicas, e Paul o levou à sua sala de jantar para fazer uma demonstração em harmonium entalhado à mão. Ele disse a Taylor para gritar o oposto de tudo o que ele cantasse enquanto tocava as notas. E assim foi - preto e branco, sim e não, pare e vá, olá e tchau." (A História por trás da música, Steve Turner, p.221).

PS: "A resposta para tudo é simples. É uma canção sobre tudo e nada... se você tem preto, também tem que ter branco. Essa é a coisa mais impressionante da vida". (Paul McCartney)

segunda-feira, 16 de maio de 2011

All my loving...

Maio de 2011: Paul McCartney no Rio de Janeiro - O reencontro!

Realizar um sonho é bom. 
Realizar o mesmo sonho duas vezes é bom demais! E, exatamente, seis meses depois... é sensacional!
Paul, te vejo daqui a uma semana, no Rio de Janeiro!

Para viver mais uma segunda-feira (quem diria) inesquecível!!!

domingo, 15 de maio de 2011

Memórias

Guardo lembranças tão lindas que, não existe filme ou fotografia no mundo capaz de expressá-las.

Foto: Elizabeth Messina

Minhas melhores lembranças não estão registradas em fotos,  livros, bilhetes e nem em filmes. Minhas melhores lembranças são frases soltas, sorrisos, olhares, sensações... aquilo que ninguém pode ver, que ninguém pode entender, aqueles detalhes que ficam impressos apenas na memória.

PS: "Give me, give me one more chance/ To keep you satisfied, satisfied..." (Elvis Presley).

domingo, 8 de maio de 2011

Feliz Dia das Mães!

Três gerações e a mesma personalidade: minha querida vó Angela (1950), minha mãe Denise (1984), eu (2011) e os nossos eternos 20 e poucos anos!


A palavra MÃE dispensa explicações...
Um abraço muito especial às duas mulheres mais importantes da minha vida!

quarta-feira, 4 de maio de 2011

82 aninhos de Audrey

4 de maio de 1929 - 20 de janeiro de 1993
A eterna Bonequinha de Luxo, uma mulher conhecida mundialmente pela beleza de seu rosto e também de sua alma, completaria hoje 82 anos. Além da carreira no cinema e teatro, a belga Audrey também foi embaixatriz da Unicef, projeto ao qual dedicou seus últimos anos de vida.

Audrey em uma das missões pela Unicef

Para assistir: My Fair Lady (1964), que conta a história de Eliza Doolittle, uma vendedora de flores que conhece um professor de fonética disposto a transformá-la em uma dama em apenas seis meses. 

Palavras de Audrey:
 
“Para ter lábios atraentes, diga palavras doces.
Para ter olhos belos, procure ver o lado bom das pessoas.
Para ter o corpo esguio, divida sua comida com os famintos. 
Para ter cabelos bonitos, deixe uma criança passar seus dedos por eles pelo menos uma vez ao dia.
Para ter boa postura, caminhe com a certeza de que nunca andará sozinha.”

“Eu decidi, desde muito cedo, apenas aceitar a vida incondicionalmente. Eu nunca esperei que ela fizesse nada especial por mim, apesar de eu conseguir alcançar muito mais do que cheguei a imaginar. Na maioria das vezes, essas coisas só aconteceram sem que eu procurasse por elas.”

“Eu amo as pessoas que me fazem rir. Sinceramente, acho que é a coisa que eu mais gosto, rir. Cura uma infinidade de males. É provavelmente a coisa mais importante em uma pessoa.”